O tratado

Existia um tratado imaginário entre eles, um combinado que nunca foi conversado, mas que ambos sabiam que precisava ser cumprido. Foi baseado no tratado de apenas viver o momento que eles começaram a se encontrar.
Tudo funcionava conforme o combinado era tudo divertido, eles eram amigos, eles compartilhavam seus segredos, seus gostos, seus vícios e o que mais pudesse acompanhar o dia a dia deles. Nenhum dos dois esperava o próximo ato, foram deixando as coisas fluírem naturalmente, sempre em mente que não existia um compromisso, era apenas um momento dos dois.
Mas o coração quer o que ele quer e mesmo não prevendo nada, ele começou a perceber que o tratado imaginário estava quase sendo destratado, ele se deu conta que a companhia dela estava se tornando mais agradável do que antes, ele começou a sentir falta do som da risada dela, da mão dela sobre sua perna e até mesmo das vezes que ela cantava desafinada no chuveiro.  Parecia ser tão simples, que ele nem se deu conta que estava prestes a viver uma grande paixão, afinal o tratado era imaginário …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s