Páginas em branco

Virei à página. E do outro lado encontrei uma folha em branco. Uma página inteira para ser preenchida.
Rabiscos, rascunhos, riscados, frases completas e outras a fazer, rasuras, erros e acertos preencheram as páginas anteriores, mas agora eu tenho em mãos uma folha vazia. Muitas páginas em branco. Novos traços. Era a partir dali que recomeçava.
Virei à página como quem abandona um passado, que às vezes dói e dá saudade. Como quem lê um livro gostoso e quer saber o que vem mais. Como quem copia a lição de casa e precisa fazê-la na folha em branco. Virei à página. Decidida. Ciente de que do outro lado havia um mundo desconhecido. Uma vida inteira para ser vivida. Virei à página e dei de cara com uma folha em branco. Mas mesmo assim eu virei a página e comecei a rabiscar .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s