E ela …

Conversava sobre tudo, não tinha dificuldades para fazer amigos, de alguma forma chamava atenção. Bastava uma enviar, uma ligação, um olhar e ela já tinha companhia. Ela tinha tudo pra ser a pessoa mais feliz do mundo. Tinha um emprego que adorava, morava num apto que amava, quase sempre conseguia tudo o que queria.
Ela era linda. Seu cabelo tinha um corte diferente, moderno, desconectado. Seu sorriso hipnotizava, era inteligente, tinha pernas torneadas e um corpo que atraia mais olhares do que ela imaginava.
Motivos para ser infeliz eram inexistentes, porém, todas as noites quando as companhias costumavam sumir e sua cama ficava grande demais, ela se sentia a pessoa mais vazia, mais triste e mais infeliz do mundo.

Anúncios

Um comentário sobre “E ela …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s