O dono

Ele era dono de diversas coisas: de um coração sincero, do sorriso mais lindo que ela já tinha visto, de piadas bobas, de um olhar tímido, de uma voz calma, de sonhos e projetos. Mas, além disso tudo ele era dono de uma coisa e talvez nem soubesse disso. Ele era dono de algo que batia de forma descompensada dentro dela e que com certeza era o que ela tinha de mais lindo e puro: seu coração.

Anúncios

Um comentário sobre “O dono

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s