Ela sabia

Ela sabia de tudo. Dos esquemas, dos papos confidenciais, dos comentários, das trocas de olhares, dos encontros secretos e até mesmo do interesse que ele tinha por outra. Sabia que o coração dele não se inclinava por ela, tinha total noção de tudo isso.
Ela sabia de tudo isso e tinha ciência também que não ia desistir tão fácil, afinal, ele valia a espera, a insegurança, a expectativa. Ele valia a pena e ela sabia que teria que praticar a tão extensa palavra chamada: longaminidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s