Eram somente eles

Coração salta. A pele transpira. As pernas bambeiam. As mãos tremem. Surge o arrepio, as borboletas no estômago voam e o ar é pouco. De repente a imagem dele surge do outro lado do corredor. Os olhares se encontram, o sorriso tímido se abre e os pensamentos invadem a mente.
O tempo pára e tudo começa a rodar em câmera lenta. O barulho da rua cessa. As pessoas em voltam somem. Eram somente eles. Sem tirar o olhar dela ele caminha pelo corredor enquanto ela de olhos bem fechados querendo acreditar que aquilo não era mais um sonho aguarda de braços prontos para o abraço aquele que tinha o nome gravado dentro do coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s