Boa noite, meu amor

Oi, acho que você não me conhece ainda e então vou me apresentar. Meu nome é solidão, costumo aparecer quando o sol se vai, na verdade é de madrugada que costumo ser mais presente.
Geralmente venho acompanhada de um café, um uísque ou até mesmo um cigarro. Tem gente que tenta me afastar com o som de um violão, com o barulho do teclado de um computador ou com uma dose bem grande de doces e porcarias.
A quem diga que sou ruim, que faço mal e que não me querem por perto. Mas a verdade é que elas mentem. Posso ser ruim de vez em quando (quem não é), mas tenho o lado bom. Vou te contar por que.
É na solidão que as pessoas aprendem a encontrar por elas mesmas. E quando elas me sentem por perto que dão valor a amizades e relacionamentos. São quando se sentem sozinhas que elas choram e descobrem que acima de tudo devem amar primeiro a si mesmo para depois me trocarem por amores, amigos e família.
Acreditem, faço bem. Por isso, não se preocupe, sou passageira. Costumo ir e voltar em diversas fases da vida de alguém porque eu tenho o poder mágico de curar feridas, de tratar sensações e renovar sentimentos.
Por isso, agora, desligue a cafeteira. Respire fundo e vá deitar. Você já aprendeu a lição, entendeu que sou mais do que necessária neste momento, então, boa noite, meu amor. Descanse porque em breve você estará pronta para viver acompanhada e eu? Bem, eu vou acompanhar alguém que precise de mim tanto quanto você precisou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s