Um IPOD e uma taça de vinho

Tem dias que a saudade ainda dói. Fico parada olhando para a porta ainda esperando pelo barulho das chaves e os passos no corredor. Vejo as panelas vazias guardadas no armário esperando pelo jantar que antes era compartilhado toda noite. Sobrou apenas uma taça  no balcão da cozinha e o vinho passou a ser barato, porque não existem mais motivos para celebrar com os caros.
Sobra espaço no guarda roupa, não tem mais brigas pelo banheiro molhado, o controle remoto não é mais motivo de discussão, o mural não tem mais lista de compras e a escala de tarefas domésticas diárias foi parar na lata do lixo.A cama ficou imensa e os travesseiros que antes eram destruídos em pequenas guerras noturnas agora acumulavam saudade.
A cafeteira ficou grande demais para apenas as minhas canecas de café, não tem briga pelo caderno literário do jornal, sem beijos de bom dia, sem promessas de boa noite. Nenhuma esperança, nenhuma glória e nenhum final feliz.
Tem noites que a falta incomoda, a saudade aperta. Mas existem laços que precisam ser quebrados, nós que precisam ser desatados, vidas que precisam ser separadas.
Porque tem dias que a lembrança corrói mas, tudo que você precisa é de um Ipod, seu moleskine e uma taça de vinho (barato).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s