Quando o Copan era apenas um anúncio no jornal

Já imaginou abrir o jornal e dar de cara com um anúncio publicitário vendendo o Copan?

As páginas do Estadão impressas ao longo dos últimos 138 anos contam a história do mercado imobiliário de São Paulo desde os tempos em que a cidade de apenas 30 mil habitantes ainda não tinha luz elétrica.

Desde janeiro de 1875, o jornal publicou todos os lançamentos de edifícios, bairros e grandes obras que transformaram a Capital em uma das maiores metrópoles do mundo, entre os destaques da história do jornal, está é claro o edifício cartão postal da cidade.

copan anunciao

Copan. “Um monumento à grandeza da terra paulista. O Rockfeller Center de São Paulo”, dizia o anúncio de lançamento do edifício Copan, projetado por Oscar Niemeyer, na edição de 25 de maio de 1952. Inaugurado em 1957, tornou-se um cartão postal de São Paulo e um marco na arquitetura moderna.

Com 120 mil metros quadrados de área construída e 35 andares, o Copan abriga 5 mil moradores em 1.160 apartamentos. Outro anúncio da época do lançamento, em 25 de junho de 1952, falava das obras iniciadas: “A sua residência própria – parte integrante do grandioso maciço turístico, com sua imponência e  vantagens em plena Avenida Ipiranga”, dizia o texto.

Anos mais tarde, o Copan entraria para o ‘Guiness Book’ (Livro dos Recordes) como o maior prédio residencial da América Latina. Do alto dos seus 115 metros de altura é possível ter uma visão de 360 graus de São Paulo. “Arquitetura brasileira alcança o ápice da sua glória, do seu renome mundial”, dizia o texto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s